Início > CONTABILIDADE PARA EXECUTIVOS > DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS

DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS

Conforme a Lei de Demonstrativos legais – L 6.404/76. São desenvolvidos através de:

BALANÇO PATRIMÔNIAL: O balanço apresenta a posição patrimonial e financeira da empresa em um momento (retrato), com a possibilidade de alterar informações no futuro. Método das partidas dobradas, onde toda origem de recurso deverá ter uma aplicação de recursos. (Para onde vão e de onde vêm os recursos – Aplicações x Origens).

Fornece dados estáticos, onde sua estrutura se apresentará diferente após o encerramento. Ele compõem-se em Ativo, Passivo e Patrimônio Líquido. Equação patrimonial: A = P +PL

ESTRUTURA DO BALANÇO PATRIMÔNIAL, onde ativo é a aplicação de recursos e passivo é a origem de recursos.

ATIVO (BENS + DIREITOS)

PASSIVO (OBRIGAÇÕES)

Ativo Circulante

Passivo Circulante

CAPITAL DE TERCEIROS

Ativo não circulante

Passivo não circulante

Realizável: Longo prazo

Investimentos

Imobilizado

Patrimônio Líquido

Intangível

CAPITAL PRÓPRIO

 

ATIVO

São bens e/ou direitos da empresa, sendo tangíveis ou intangíveis, móveis ou imóveis, é aquilo que a empresa efetivamente tenha controle, devendo o ativo ter valor objetivo sendo avaliado em dinheiro e trazer benefícios presentes ou futuros. ATIVO = PASSIVO + PATRIMÔNIO LÍQUIDO.

Ativo Circulante: Contas de liquidez imediata, curto prazo. Sendo divididos em: ativos disponíveis, aplicações financeiras, valores a receber a custo prazo, estoques e despesas antecipadas.

Ativo Não-Circulante: São todos os bens e direitos da empresa, recebíveis no longo prazo. Sendo eles: realizável á longo prazo ás quais tem intenção de transformar em recursos financeiros (mais de um ano); investimentos que não tem relação com a atividade operacional da empresa, mas sempre que o Patrimônio Liquido sofrer alterações, o total de investimento também sofrerá; imobilizado os quais tem objetivo a atividade operacional da empresa, reduzindo, se existir, a depreciação que é representada pela perda de valor por uso ou obsolência; e intangível que são imateriais, podendo sofrer amortização que é a recuperação do capital aplicado ou despesas para formação no resultadob.

PERMANENTE: Tudo o que a empresa tende a manter em continuidade. Onde, os investimentos são participações permanentes não destinados á manutenção da atividade da empresa, como ações e participações, imóveis para aluguel, etc. Imobilizado, por sua vez, são bens corpóreos necessários á manutenção das atividades da empresa, como imóveis de uso, máquinas e equipamentos, instalações, veículos, etc. Intangível: direitos sobre bens incorpóreos necessários á manutenção das atividades da empresa. Como marcas e patentes, direitos sobre software, direitos sobre recursos naturais, fundo de comércio, etc.

PASSIVO: São as obrigações ou dívidas com terceiros, tais como, contas a pagar, fornecedores e empréstimos. São as fontes de recursos, provenientes de terceiros (dívidas) ou dos sócios, aporte de capital ou de lucro gerado pela empresa.

PASSIVO CIRCULANTE: São obrigações á curto prazo da empresa. Como contas á pagar, fornecedores, impostos a recolher, etc.

PASSIVO NÃO CIRCULANTE: São obrigações cujo vencimento ocorrerá após o término do exercício seguinte ao encerramento do balanço, como financiamentos de longo prazo.

PATRIMÔNIO LÍQUIDO (PL): São volumes dos recursos próprios da empresa, pertencentes a seus acionistas ou sócios, como capital social, reservas de lucros e prejuízos acumulados.

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: