Início > Gestão de Projetos > GERENTES DE PROJETO

GERENTES DE PROJETO

Pessoa que faz com que as atividades sejam realizadas conforme estipulado, respondendo por falhas e se aproximando do que foi planejado dentro dos custos, prazo e conforme os requisitos e especificações. São os “Stakeholders”, os principais interessados no projeto.

Perfil do profissional que as empresas buscam para seus projetos

Pessoas com visão, que aprendem com os erros, que buscam renovação de conceitos, que tomam iniciativa, agindo com simplicidade, disciplina, com paixão para renovar e adaptável a realidades e atitudes diferentes.

Habilidades do Gerente de Projetos:

Liderança- Capacidade para estabelecer e cumprir metas.

Administrador do Tempo- Capacidade para gerenciar prazos.

Negociador- Capacidade de negociar com diversas entidades.

Técnico- Capacidade em definir o objetivo e escopo do projeto.

Comunicação- Capacidade em estabelecer um sistema de informações.

Vivemos em um dos momento mais critico de comunicação, mesmo com as melhores tecnologias, ela deve ser passada de forma clara e acessível. A forma de realizar esta comunicação fará toda a diferença nos reflexos do projeto.

Relação com o Cliente: Capacidade de contratar fornecedores e se relacionar com os clientes. Relação humana- Capacidade para relações humanas, resolvendo conflitos e estimulando pessoas. Orçamento- Capacidade para elaborar e gerenciar planos financeiros.

 Filme: A construção de um Celeiro.

Formação da equipe. Metas. Organização. Conhecer os recursos. Gerenciamento- Com explicação do que deve ser realizado e motivação. Execução- Com apoio mutuo. Entusiasmos, fazendo com que todos façam parte do projeto. Forca e união. .Metas. Conhecer os recursos. Cooperação. Equipe de apoio e logística. Planejamento. Solidariedade e companheirismo e fraternidade. Conhecimento e avaliação. Confiança mutua. Capacidade. Ferramentas adequadas. Ajustes no projeto. Visão do todo onde todos participam. A importância de todas as funções e seu reconhecimento.

                        Etapa 1: Escolha um projeto que possa ser usado como exemplo. Etapa 2: Fazer um fluxograma do projeto.

 

Os principais focos do Gerente de Projetos

Buscar a maior satisfação do cliente, com ciclo de desenvolvimento mais curto, a custos menores, envolvendo decisões eficazes sem muitos improvisos, realizando a entrega dentro do prazo, orçamento estipulados.

Identificando antecipadamente os problemas e planejando a realização das ações corretas, criando um produto ou serviço com qualidade desde a primeira preparação. Planejando e compartilhando os recursos aprimorando a eficiência. Comparando a realização com o planejamento, melhorando o desempenho, através de procedimentos, e formulários facilitadores do trabalho. Com comunicação previamente planejada facilita a entrada, saída, distribuição, freqüência e arquivamento de dados do projeto.

Principais falhas dos projetos

Metas e objetivos mal definidos, escopo flutuante e sem controle de impactos, riscos não avaliados, falta de responsabilidade, de planejamento de interesse ou de visão. Além de falta de estratégia ou estruturas, ferramentas e processos, e equipe despreparada.

Principais dificuldades

Manual interno de “desculpas”, falta de planejamento, comunicação incongruente, falta de gerenciamento de detalhes, equipe frustrada por não atingir os objetivos.

Projeto com Sucesso

Entregue no prazo, adequado ao orçamento, planejamento e qualidade. Com resultados utilizados pelo cliente em toda sua potencialidade.

Algumas preocupações para manter o projeto em bom andamento. (COMO NÃO AFUNDAR UM PROJETO. – Editora Mundo Ltda.)

1. Seja prático: quanto mais genérico estiver o escopo menor a chance do cliente reclamar por detalhes.

2. Comece a execução o mais rápido possível, pois sempre haverão mudanças.

3. Concentre-se no trabalho de sua equipe, evitando comunicar-se com o cliente.

4. Não documente mudanças, pois isto poupará você de discussões com o cliente.

5. Sempre exceda as expectativas do cliente acrescentando produtos ou serviços extras ao contrato.

6. Em sua gestão de riscos, tente não se concentrar demasiadamente no que poderá ocorrer em casos fortuitos ou de força maior, abrangendo somente os reais e verdadeiramente plausíveis.

Categorias:Gestão de Projetos
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: