Início > Gestão de Projetos > DECLARAÇÃO DO ESCOPO (SCOPE STATEMENT)

DECLARAÇÃO DO ESCOPO (SCOPE STATEMENT)

Delimita a abrangência do projeto. Fornecendo uma base para tomar as decisões futuras do projeto e para confirmar ou desenvolver um entendimento comum do escopo do projeto entre os interessados no projeto. Como, quando, onde e para quem.

Devendo incluir diretamente ou por referencia a Justificativa, descrição do produto, subprodutos ou “deliverables” e objetivos do projeto.

Os clientes sabem o que querem?

Normalmente os clientes sabem o que não precisam após conhecer o produto ou serviço.

Conforme o desenvolvimento do produto, em sua parte tangibilidade, os clientes vêem novas possibilidades e tentam mudar o projeto de acordo com elas. O escopo do projeto consiste na geração e entrega de produtos e serviços. O Cliente não quer receber atividades ou tarefas, ele deve receber produtos e serviços completos. No entendimento de Ricardo Vargas sobre a análise das partes interessadas:

“Em um projeto existem diversos interesses, deve-se verificar através de uma planilha como os interesses serão dispostos no projeto. Primeiramente deve-se verificar qual o tipo de interesse, positivo ou negativo. O positivo é aquele que é compartilhado com o objetivo do projeto, negativo é o contrário, o interesse é contrario ao projeto. Ex.: Ação na Líbia, o apoio é positivo, a própria Líbia pode não estar interessada. Sempre haverá objetos negativos. Segundo, deve ser verificado o nível de poder que a pessoa poderá ter controle de influencia no projeto. Em seguida, se verifica o interesse técnico e o não-técnico, as vezes a tecnologia envolvida no projeto interessa para algumas pessoas. O não-técnico é quando o projeto auxiliara no beneficio ao currículo, profissional, melhoria para o cliente com esta tecnologia. Deve-se verificar o nível de conhecimento da pessoa sobre o projeto. Outro critério é a acessibilidade, se o interessado é acessível, pois isto irá influenciar no interesse e acesso ao projeto. E por ultimo, o poder no produto é o usuário para dele. Isto tudo deve ser balanceado, dando pontuação para cada um dos fatores. Verificando os aspectos positivos e negativos em cada questão, em um documento reservado para a verificação pessoal, não há necessidade de se publicar esta informação”. (Entrevista – Autor da Obra: Gerenciamento de Projetos: estabelecendo diferenciais competitivos. Editora Brasport, 2009).

Termo de Abertura do Projeto ou Project Charter (TAP)

É o documento que autoriza o inicio de um projeto, autorizado por um gerente externo ao projeto com autoridade superior a do gerente do projeto, o qual fornece ao gerente a autoridade para aplicar os recursos da organização nas atividades do projeto.

Deve incluir obrigatoriamente, a necessidade do negocio, com a sua descrição do produto, com a identificação do gerente, com a descrição da autoridade e responsabilidade do gerente, com a assinatura do gerente externo.

Pode incluir no termo as restrições, premissas, com descrição dos objetivos gerais, indicação dos riscos iniciais, com estimativa de custos, tempo e recursos a serem dispostas, com indicação dos membros da equipe.

Categorias:Gestão de Projetos
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: